Ela nos deixou sem palavras

Irmã Madalena tinha 57 anos de idade e 30 de Profissão Religiosa.

Por Lourdes Bonapaz

Irmã Madalena, natural de Inhambane, Massinga, Moçambique nos deixou ontem 27/07/21 no Hospital Sta. Marcelina de Itaquera SP, onde lutou com várias complicações pela COVID 19. Depois de alguns dias de internação com intensos cuidados médicos e enfermeiros dedicados, mas ela partiu. Tinha 57 anos de idade e 30 de Profissão Religiosa.

Irmã Madalena ingressou no Instituto em 1982, Matola Moçambique e lá mesmo fez sua caminhada formativa e Profissão Religiosa.
Cursou Ciências Religiosas no “Instituto Regina Mundi”, Roma, em 1999 e destinada ao Brasil no final deste mesmo ano. Aqui trabalhou em nossas Comunidades e serviços pastorais com alegria e determinação.
Concluiu o curso de Auxiliar de enfermagem em 2004, São Paulo, Brasil e retornou em sua pátria por algum tempo servindo na área da saúde. De volta ao Brasil também se dedicou como enfermeira em nossas casas e também gostava muito dos trabalhos de Animação Vocacional Missionária que fazia com o entusiasmo e a dedicação próprios, de quem amava sua Família Missionária.

A vida de irmã Madalena, foi ceifada muito rápida, cedo demais, poucos dias após ter retornado do Moçambique. Ficamos todas chocadas, sem palavras! “A nossa vida é como a relva, ela floresce como a flor do campo… sopra o vento e logo desaparece… Mas o amor de Deus existe desde sempre e para sempre existirá para aqueles que o amam”. (Salmo 103, 15) Ou ainda, …“Senhor, o que é o homem, para dele tomares conhecimento, ou o filho do homem para que por ele te interesses? O homem é semelhante a um sopro; seus dias, são como a sombra que passa. Senhor, inclina os céus e desce…”! (Salmo 144,3-5)
Mas a 2ª carta de Pedro nos lembra: “…para o Senhor, um dia é como mil anos e mil anos são como um dia”. (2Pd, 8b) E assim, todos passaremos desta vida. O que conta é a intensidade do AMOR com que vivemos.

Nosso coração se dilata em gratidão a Deus pela vida e doação de nossa Irmã Madalena, pela sua generosidade e determinação em servir o Senhor, nos irmãos e irmãs, em especial os fragilizados pela doença. Amor, com amor se paga!

– Irmã Madalena seu jeito simples e alegre contagiava e animava muito a quem você  servia. O seu sorriso, alegria e descontração nas danças prezando sua cultura sempre permanecerão em nossas lembranças…. Gratidão!

Ir. Lourdes Bonapaz é Missionária da Consolata

Conteúdo Relacionado