A Igreja Católica em Seicheles

23 de dezembro de 2021
Cathedral of the Immaculate Conception, Port Victoria, Seychelles – Foto: Arquivo VaticanNews

Com 76% da população professando a fé católica, em Seicheles há uma diocese, vinte paróquias e trinta centros de atenção pastoral.

Por Fernando Altemeyer *

Com uma superfície de 455 quilômetros quadrados, esse arquipélago paradisíaco no Oceano Índico está composto de 32 ilhas de origem vulcânica e 83 ilhas de coral. Em Seicheles se fala inglês, francês, seselwa e creole de Seychelles. Sua capital é Victoria, com 25 mil habitantes.

Tem uma taxa de fecundidade de 1,75 filhos por mulher, uma expectativa de vida de 73,6 anos e uma população urbana de 50%. Possui o maior PIB per capita entre todas as nações africanas. Há um grupo significativo de africanos e asiáticos residindo em Seicheles.  A sociedade seichelense é essencialmente matriarcal.

Atualmente têm 100.335 habitantes, dos quais 76.254 católicos, ou seja, 76% da população, segundo as estatísticas publicadas pela Santa Sé.

Dados Eclesiais 

Com uma circunscrição católica, a Diocese de Port Victoria ou Seicheles, onde atuam três bispos, sendo um diocesano Alain Harel, um emérito Denis Wiehe CSSP e um núncio apostólico que reside em Antananarivo, Madagascar.

A organização pastoral se faz por meio de vinte paróquias e 30 centros de atendimento pastoral. Os ministros do povo de Deus são 24 sacerdotes (oito padres do clero secular e dezesseis membros do clero religioso), um diácono permanente, 26 irmãos, quatro missionários leigos, 55 religiosas consagradas e 209 catequistas.

Os protestantes são 8% da população, os anglicanos 8%, os hinduístas 2,1%, os muçulmanos 1,1%, os sem religião 2,1%.

Curiosidades

A evangelização começou no século XIX, com a prefeitura Apostólica erigida em 1852 e confiada aos frades capuchinhos. Elevada a Vicariato em 1880. Criada a diocese de Port Victoria em 14/07/1892.

Nenhum cardeal nomeado para Seicheles.

Nenhum bispo presente ao Concílio Vaticano I de 08/12/1869 a 20/10/1870.

Bispo participante no Concílio Vaticano II de 1962 a 1965:

Marcel Olivier Maradan, O.F.M. Cap. †, Bispo de Port Victoria o Seicheles; Idade: 65.9. Hoje falecido.

Dados eclesiais da Igreja Católica da República de Seychelles – Republique des Seychelles – Pesquisa para o Portal da Consolata preparada pelo Prof. Dr. Fernando Altemeyer Junior – Departamento de Ciências Sociais da PUC-SP.  Email: fajr@pucsp.br 

Fontes da pesquisa: www.vatican.va; http://www.catholic-hierarchy.org/country; http://cardinals.fiu.edu/1873-2019-country.htm; https://secam.org/ 

Conteúdo Relacionado