Tragédia no Texas: 46 pessoas encontradas mortas em caminhão abandonado

O veículo abandonado foi encontrado em San Antonio, um dos primeiros destinos de milhares de migrantes  (2021)

Os corpos foram descobertos nesta segunda-feira (27) num veículo abandonado na fronteira dos Estados Unidos com o México, onde as temperaturas chegam facilmente a mais de 40 graus. Segundo as autoridades, 16 são os sobreviventes, incluindo 4 crianças da Guatemala. Investigadores do Departamento de Segurança Nacional dos EUA estão analisando o caso.

Por Emanuela Campanile e Andressa Collet

San Antonio, uma cidade americana do Texas, a cerca de 240 km da fronteira com o México, tornou-se mais uma vez o destino final de uma viagem que prometia um futuro melhor.

Uma horrível tragédia humana

Nesta segunda-feira (27), eram 46 os corpos amontoados em um caminhão quente, abandonado em uma área dos Estados Unidos onde as temperaturas chegam facilmente a mais de 40 graus. Segundo os bombeiros, não há crianças entre os mortos. “Uma horrível tragédia humana”, disse Ron Nirenberg, prefeito da cidade, um dos primeiros destinos das milhares de pessoas desesperadas em busca de um amanhã, que chegam aos Estados Unidos vindas do México.

O ministro das Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard, em mensagem no Twitter, também disse que a asfixia dos migrantes no caminhão é considerada uma “tragédia no Texas”. Ele disse que os representantes do consulado estavam a caminho do local, embora as nacionalidades das vítimas não tenham sido confirmadas.

A investigação

A trágica descoberta aconteceu por acaso, quando um homem que trabalhava nas proximidades se aproximou do caminhão de onde ouviu gritos de socorro. O caminhão foi encontrado próximo aos trilhos da ferrovia em uma área remota na periferia sul da cidade, informou a emissora de TV local KSAT. Há 16 sobreviventes, incluindo quatro crianças da Guatemala.

A investigação está agora nas mãos do Departamento de Segurança Nacional dos EUA. Três pessoas foram detidas, mas a polícia não explicou a relação delas com o caso, que já é considerado como a pior das tragédias perpetradas pelos traficantes de pessoas em solo americano.

O caso de 2017

Em julho de 2017, uma tragédia semelhante aconteceu: 10 migrantes haviam morrido em um trailer deixado no estacionamento de um supermercado perto de San Antonio. Dentro dele a temperatura havia atingido 65 graus. O motorista do caminhão, que alegou na época não ter percebido que estava carregando cerca de 100 pessoas amontoadas em seu trailer, foi condenado à prisão perpétua em abril de 2018.

Fonte: Vatican News

Conteúdo Relacionado